A pergunta a ser respondida é: “o que é um Programa?”, ou “o que é um Software?”. Para efeito desta discussão, software e programa tem o mesmo significado.

Uma definição clássica de “software”

Uma definição clássica de software é:

Software é uma sentença escrita em uma linguagem computável, para a qual existe uma máquina (computável) capaz de interpretá-la. A sentença (o software) é composta por uma seqüência de instruções (comandos) e declarações de dados, armazenável em meio digital. Ao interpretar o software, a máquina computável é direcionada à realização de tarefas especificamente planejadas, para as quais o software foi projetado.

A importância dos dados

Ao examinarmos mais detalhadamente os elementos constituintes do software, aquele que normalmente se sobressai é a seqüência de instruções que compõe o software. Mas à medida em que o software cresce em tamanho e complexidade, o elemento dado (e a informação e o conhecimento que dele provém) adquire cada vez mais importância.

Veja abaixo uma discussão sobre Licença de Uso de Software.

… O termo “Programa” significa o programa original e todas as cópias completas ou parciais do mesmo. Um Programa consiste em instruções legíveis por máquina, seus componentes, dados, conteúdo audiovisual (tal como imagens, texto, gravações ou figuras) e materiais licenciados relacionados.

Vejamos então, de acordo com a licença, do que consiste um programa:

  1. instruções legíveis por máquina,
  2. seus componentes,
  3. dados,
  4. conteúdo audiovisual (tal como imagens, texto, gravações ou figuras) e;
  5. materiais licenciados relacionados

Assim podemos inferir que um programa é um artefato complexo, que envolve uma grande quantidade de aspectos distintos, como:

  • habilidade de comunicação com máquinas (através das instruções e dados) e seres humanos (através de dados manipulados pela máquina e mídias externas à máquina),
  • organização em uma estrutura hierárquica (através de seus componentes);
  • sujeição a regras comerciais explícitas, pois foi criado por organizações humanas que detem controle sobre sua existência e uso através de uma licença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *